Honestamente acho incoerente cristãos que ficam pegando no pé da tradição do Natal. Uns maldizem o bom velhinho, outros desmoralizam o pinheiro e demais enfeites.

Há aqueles ainda que consideram os adeptos da tradição do Natal como “idólatras e traidores de Cristo”. E agora postam frases nas mídias sociais como “… as pessoas não lembram de Jesus nem no dia que Ele nasceu”.

Bobagem!

Primeiro que não é no dia 25 de dezembro que “Jesus faz aniversário”. Esse é um feriado criado pelo comércio e, diga-se de passagem, é um dos mais aquecidos do ano. E depois que não é muito o tipo de Jesus ser bajulado numa festinha de aniversário pra ele.

É uma tradição legal e divertida pra quem gosta de participar. Quem não gosta que não participe! Quer falar de lembrar de Jesus? Então lembre-se dele todos os dias! Fale dele todos os dias! Ou melhor: que ele fale através de você! Se você viver isso certamente o dia 25 de dezembro ficará pequeno pra você se preocupar de “lembrar do aniversariante”, pois ele nunca estará esquecido em você.

Me perdoem pelo desabafo, mas pra mim é como aqueles que acham que “é dever do cristão no Natal ajudar os necessitados”, esses pra mim não entenderam nada, pois essas mesmas “pessoas necessitadas” sentem fome o ano todo.

Vamos viver todos os dias do ano o sentido que “o menino Jesus” deu a nossas vidas e vamos deixar o tão pequeno “25 de dezembro” pra tradição do bom velhinho, sem problemas.


Com amor, Tihh Gonçalves ©