No último Next (culto) compartilhei essa história. Foi a segunda vez que li ela na igreja Estação e sinto que não foi a última vez.

Que a gente nunca perca a simplicidade de ser igreja por tentar promovê-la. Que nossa (hoje, ainda) pequena organização seja sempre um complemento ao organismo-igreja que há em cada um de nós.



Saiba mais